terça-feira, 8 de abril de 2014

Tratamento de varizes, quais os tipos?

O melhor tratamento é a prevenção.


Hábitos saudáveis como praticar esportes, exercícios aeróbicos, caminhadas ou ciclismo ajudam na prevenção das varizes.

Quando devo tratar?
Geralmente as varizes costumam aparecer dos 25 aos 30 anos dependendo da pessoa. 
Já os conhecidos vasinhos avermelhados podem aparecer bem antes. Para se prevenir de complicações visite um especialista para avaliar sua circulação e lhe auxiliar a ter uma vida mais saudável.

Tratamento cirúrgico e a laser
O tratamento cirúrgico de varizes pode ser convencional ou a laser. Os dois métodos são eficientes e tratam o problema. Com os avanços da tecnologia o Tratamento a Laser tem se destacado em casos onde há o comprometimento da veia safena. Em uma cirurgia envolvendo a veia safena não é necessário removê-la caso o Laser seja utilizado. 
Outra vantagem da cirurgia a Laser é o tempo de recuperação podendo o paciente voltar as atividades normais em média em 2 dias, além de diminuir a dor da recuperação.

Anestesia
A cirurgia pode ser feita com anestesia local ou bloqueio, dependendo do porte da cirurgia.

Tratamento sem cirurgia
Existe o tratamento de varizes sem cirurgia, conhecido como a escleroterapia ou esclerose com espuma, que é a secagem dos pequenos vasinhos. O médico faz aplicações de medicamentos esclerosantes nas veias prejudicadas através micro-agulhas, isso faz com que ocorra um endurecimento e obstrução do fluxo sanguíneo no local. Com essa obstrução o sangue volta a fluir por outras veias saudáveis sumindo com o aspecto das varizes ou vasinhos.

Para saber mais detalhes sobre os três tipos de tratamento de varizes acesse os links abaixo:

Cirurgia de Varizes
Pode ser realizada através do Método Tradicional ou a Laser, sendo este recomendado para tratamento da veia safena.

Escleroterapia
Este tratamento é realizado em pequenos vasos e as aplicações variam de acordo com a quantidade de vasinhos ou microvarizes. Lembrando que é necessária a avaliação médica para que o tratamento seja realizado com sucesso.

Quais os sintomas das varizes?
Na maioria das vezes a queixa principal é estética, as veias ficam dilatadas, tortuosas e muito visíveis na região das pernas e dos pés. È importante lembrar que o problema de varizes vai bem além do quesito estético, os principais sintomas que prejudicam a saúde são:

• Dores nas pernas
• Câimbras
• Queimação nas pernas e planta dos pés;
• Inchaço, especialmente nos tornozelos ao final do dia;
• Coceiras leves e constantes;
• Cansaço ou sensação de fadiga;
• Sensação de peso nas pernas;
• Presença de veias azuladas e muito visíveis abaixo da pele;
• Agrupamentos de finos vasos avermelhados;


Para receber orientação correta em relação a sua saúde procure um especialista e saiba como está a sua circulação sanguínea nos membros inferiores.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Secagem de vasinhos a laser

Conheça um pouco mais sobre o tratamento de escleroterapia a laser.

Hábitos saudáveis como praticar esportes, exercícios aeróbicos, caminhadas ou ciclismo ajudam na prevenção.

A técnica de Escleroterapia facilita a vida de quem sofre com os vasinhos, prometendo apagá-Ios da pele em poucas sessões. Este procedimento a laser elimina os vasos em vários locais, inclusive no rosto e mãos.
Sua ação eficaz por meio do laser promove um aumento da temperatura dentro do vaso sanguíneo, fazendo com que o sangue retido em seu interior seja deslocado para outro caminho. Em uma área pequena uma ou duas sessões já são o suficiente. Entre as vantagens do laser estão: a diminuição da dor, em relação à escleroterapia química, e o menor tempo de tratamento. Por ser um procedimento rápido, pode ser feito até mesmo no horário do almoço.

Como é feita a secagem de vasinhos a laser?
Laser atravessa a pele e age sobre os vasos sanguíneos (vasinhos), aquecendo-os. Em função disto os vasinhos se fecham e, o organismo reabsorve-os. O raio laser é uma luz emitida em um só comprimento de onda. A nova tecnologia dos equipamentos utilizados para este tratamento, como o Or Light Laser Innova Touch Duo, garante segurança e dificilmente apresenta complicações, como manchas e feridas, no local de aplicação.

A combinação de dois comprimentos de onda amplia a faixa de aplicações, permitindo um tratamento mais específico e seletivo em sua especialidade. Maior absorção, menor energia: melhores resultados. A tecnologia e design ergonômico do Or Light Laser Innova Touch Duo ajuda o médico a manusear o equipamento portátil durante o tratamento, além uma tela tátil de abertura automática que ajuda no acompanhamento dos resultados e intensidade do laser.


Cuidados antes e depois do tratamento de secagem de vasinhos a laser:
1) Evite tomar sol na região tratada por 30 dias antes e depois da aplicação, caso seja necessário pode-se usar protetores com fator de proteção solar de 45 para o rosto e 30 para o resto do corpo;
2) Não tomar sol, fazer bronzeamento artificial com luzes, cremes ou medicamentos bronzeadores 30 dias antes do tratamento com laser;
3) Utilizar cremes hidratantes para pele;
4) Evitar depilações por 20 a 30 dias.

Em quais tipos de vasos o tratamento a laser funciona?
A escleroterapia a laser é eficientes para vasos bem pequenos, com até 2 milímetros de diâmetro e que estejam visíveis na pele.

Como escolher o procedimento de escleroterapia a laser?  
Tanto o paciente quanto o médico especialista levarão em consideração o local do vasinho, a cor da pele e a sua sensibilidade do paciente. Nos vasinhos do rosto, muitos médicos consideram mais seguro o método com laser. Para pacientes mais sensíveis pode-se evitar a escleroterapia com agulhas, mesmo com cremes anestésicos é possível sentir um pequeno desconforto durante a aplicação. A secagem de vasinhos laser é mais indicada para pessoas com uma sensibilidade maior fazendo com que o tratamento seja mais confortável onde o paciente sente apenas uma sensação de calor na pele.

Quanto tempo demora a aplicação do laser?
O procedimento de escleroterapia a laser é realizado no consultório, somente por Angiologistas e cirurgiões vasculares, e leva cerca de 20 minutos por sessão.

Quantas sessões de secagem de vasinhos são necessárias?
Depende da quantidade de vasinhos estão visíveis, se eles forem poucos é possível realizar em uma única sessão. A escleroterapia a laser normalmente requer menos sessões do que a química. Independentemente do procedimento escolhido, recomenda-se que o intervalo entre cada aplicação seja de pelo menos cinco dias.

Os vasinhos voltam após a aplicação do laser?
Não. Os mesmos vasinhos nunca voltam. Mas se o paciente não fizer um programa preventivo é possível que novos vasinhos apareçam na mesma região tratada ou em outras regiões. Mesmo assim se o paciente já tem caso frequentes na família, os métodos preventivos indicados pelo médico podem ajudar, porém é possível que o paciente tenha que fazer o tratamento uma vez por ano. A diferença é que com o tratamento preventivo a quantidade de sessões posteriores serão bem menores e mais rápidas.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a secagem de vasinhos a laser (escleroterapia a laser) envie um e-mail para clínica.


quinta-feira, 20 de março de 2014

Quais são os sintomas das Varizes?



A grande maioria das pessoas, especialmente as mulheres, se queixam do fator estético, porém as varizes vão muito além de um simples problema estético.

As varizes prejudicam a circulação sanguínea afetando diretamente na qualidade de vida, comprometendo sua disposição.

Os sintomas mais comuns nos casos de varizes dos membros inferiores são:

• Dores nas pernas;
• Cãibras;
• Queimação nas pernas e planta dos pés;
• Inchaço, especialmente nos tornozelos ao final do dia;
• Coceira;
• Cansaço ou sensação de fadiga nas pernas;
• Sensação de peso nas pernas;
• Presença de veias azuladas e muito visíveis abaixo da pele;
• Agrupamentos de finos vasos avermelhados.
Caso tenha algum destes sintomas pode ser um sinal de varizes. Procure um médico angiologista, pois com o passar do tempo o quadro pode evoluir

O que são as varizes?
As varizes dos membros inferiores (pernas) são veias doentes que se tornam progressivamente dilatadas, alongadas e tortuosas dificultando a circulação sanguínea, "atrapalhando" a volta do sangue ao coração.

Dependendo da fase em que se encontram podem ser de pequeno, médio ou de grande calibre. Somente um médico especialista em varizes poderá lhe avaliar e compreender se sua circulação sanguínea está prejudicada e se necessita de um tratamento.

quarta-feira, 12 de março de 2014

Doenças varicosas


Existem diversos tipos de doenças originadas de complicações de varizes.
Entre elas podemos listar as seguintes:

• Dermatite Ocre 
• Eczema 
• Edema
• Embolia de Pulmão
• Tromboflebite Superficial
• Trombose Venosa
• Trombose Venosa Profunda
• Ulcera Varicosa
• Varicorragia

As Complicações das Varizes
As complicações mais frequentes são as Tromboses, as Úlceras de Perna, as Hiperpigmentações, o Eczema Venoso, as Hemorragias, a Fibrose, a Dermatite Ocre, as Infecções, o Quadro de Dor e a temível Embolia Pulmonar.

Tecnicamente chamamos as complicações de tipo 4 ou IVFS – Insuficiência Venosa Funcional Sintomática, todas as situações onde já aconteceram complicações.

Geralmente são pacientes onde o problema está presente há longo tempo e que não foram tratadas. Os diversos tipos seguem um grau de evolução, não significando que um grau necessariamente passará ao outro.
As varizes sempre pioram, mas cada paciente terá sua história, e não significa, embora seja possível, que o tipo 1 vá virar tipo 4.

Ordem de Aparecimento das Complicações
Na maior parte dos pacientes, as varizes podem estar presentes por anos, sem que, felizmente, as complicações apareçam, mas o tratamento não deve ser postergado, porque as complicações podem demorar a aparecer e surgirem em uma idade mais avançada, onde o tratamento efetivo não pode mais ser estabelecido.

No início da evolução das Varizes de membros inferiores, observa-se a sensação de peso ou cansaço no final do dia. As varizes visíveis, de vários tamanhos vão aparecendo lentamente. O Edema começa a aparecer no final do dia, e depois a pigmentação (Dermatite Ocre) e o Eczema se manifestam. Na fase mais avançada da doença, podem ocorrer as tromboses (superficiais e/ou profundas) a presença de úlceras e varicorragias. É provável que essas doenças possam gerar a Insuficiência Venosa Crônica e a atenção deve ser redobrada para evitar riscos mais graves.

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Complicações de Varizes

Quando e como podem acontecer?

As complicações das Varizes humanos de tipo 4 ou IVFS - Insuficiência Venosa
Funcional Sintomática, todas as situações onde já aconteceram complicações.


As complicações mais freqüentes são as Tromboses, as Úlceras de Perna, as Hiperpigmentações, o Eczema Venoso, as Hemorragias, a Fibrose, a Dermatite Ocre, as Infecções, o Quadro de Dor e a temível Embolia de Pulmão.

Geralmente são pacientes onde o problema está presente há longo tempo e que não foram tratadas.

Os diversos tipos seguem um grau de evolução, não significando que um grau necessariamente passará ao outro.

As varizes sempre pioram, mas cada paciente terá sua história, e não significa, embora seja possível, que o tipo 1 vá virar tipo 4.

Ordem de Aparecimento das Complicações
O Na maior parte dos pacientes, as varizes podem estar presentes por longos anos, sem que, felizmente, as complicações apareçam, mas o tratamento não deve ser postergado, porque as complicações podem levar muitos anos para aparecer, e finalmente surgirem em uma idade mais avançada, onde o tratamento efetivo
não pode mais ser estabelecido.

No início da evolução das Varizes de membros inferiores, observa-se a sensação de peso ou cansaço no final do dia. As varizes visíveis, de vários tamanhos vão aparecendo lentamente. O Edema começa a aparecer no final do dia, e depois a pigmentação (Dermatite Ocre) e o Eczema se manifestam.

Na fase mais avançada da doença, podem ocorrer as tromboses (superficiais e/ou profundas) a presença de úlceras e varicorragias.


terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Remédios para Varizes




Existem alguns remédios no mercado que oferecerem tratamentos para varizes garantindo a cura completa. Atenção com as promessas é importante conversar com um médico vascular e buscar o tratamento das varizes adequado.

Qual a função dos remédios de varizes?
É importante saber que estes métodos podem aliviar a dor das varizes, mas curar, pois o problema é
físico e crônico, ou seja, o quadro é evolutivo e as varizes precisam ser tratadas com outros métodos clínicos seguidos de técnicas preventivas, como praticar esportes e acompanhamento médico.

Quais os remédios de varizes?
Os remédios mais comuns podem ser encontrados nas farmácias e existem também os remédios caseiros, porém nunca faça automedicação, pois nem sempre os efeitos podem ser satisfatórios e isso poderá trazer consequências, neste caso fale com um médico especialista para que ele possa lhe orientar.

Os remédios podem eliminar as varizes?
Não. Embora o alívio seja confortável é importante saber que as varizes continuaram no local mesmo que não visíveis a olho nu. O maior problema é que com o alívio das dores nas pernas, o paciente acaba se descuidando e não busca pelo tratamento, em alguns casos o problema se torna mais complexo..

Os remédios de varizes são contra indicados?
É prudente se preocupar com a saúde e tomar certos cuidados, não é recomendada a automedicação, por se tratar de uma doença crônica, os métodos podem trazer alergias em outras partes do corpo e o caso pode se agravar. Consulte sempre um médico vascular para fazer exames e se certificar da condição atual das varizes.

Algum remédio de varizes garante a cura definitiva?
Não. Os vasos danificados são reflexos de uma dilatação venosa e ainda não há evoluções do setor farmacêutico que possa garantir a cura através de remédios via oral ou pomadas.

Se você ainda tem dúvidas procure um médico vascular.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Varizes em gestantes



Existe contra indicação do tratamento de varizes
durante a gravidez?


Sim existe. É recomendável que qualquer tratamento, especialmente o cirúrgico, seja realizado somente três meses após a gravidez.

Se você tem planos para engravidar e sente os sintomas de varizes como dores nas pernas, sensação de cansaço, câimbras entre outros é extremamente importante realizar um tratamento de varizes antes da gestação, pois devido a gravidez as veias já dilatadas pode chegar a dobrar ou triplicar de tamanho durante a gravidez, gerando desconforto e fortes dores nas pernas.

Agora se você já esta em período de gestação não se pode operar, porém a boa notícia é que se vocês estiver em sua primeira gestação muitas vezes, após o termino da gravidez algumas veias que se encontram dilatadas devem voltar ao normal. Para a segunda gestação a veias doentes tendem a permanecer. Se for o seu caso, você deverá procurar um especialista em varizes após
o três meses do parto. Se possível pratique exercícios.

Por que as varizes aumentam na gravidez?
É que durante a gravidez quantidade de sangue que circula no corpo aumenta, fazendo com que as veias trabalhem mais. Significa que durante a gestação a quantidade de progesterona, hormônio que dilata as veias também aumentam resultando em veias mais grossas.
Outro fato que acontece na gravidez é que o útero vai aumentando de tamanho, gerando maior compressão das veias do abdômen e da região pélvica e na veia cava inferior da mulher (responsável por drenar o sangue proveniente dos membros inferiores e cavidade abdominal), criando obstáculos durante a subida do sangue para o coração. Isso aumenta a pressão sanguínea nas veias das pernas, além disso com o peso da
barriga e do bebê influencia no desenvolvimento das varizes.

Como se prevenir das varizes na gravidez?
Uma forma de se prevenir das varizes durante a gravidez é usar de meias elásticas de média compressão até o fim da gestação. Para conhecer o método mais adequado de uso das meias é necessário uma avaliação médica.

Praticar exercícios também é um ótimo habito. Além de ser extremamente saudável durante a gravidez o exercício irá estimular a circulação sanguínea colaborando para que o sangue volte ao coração com mais facilidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...